30 de junho de 2017 em Dicas, Diversão, Turismo
1365

Montando um diário de viagem bem divertido

Le Jardin Caldas Novas

Uma bela maneira de guardar suas memórias de viagens é montar um diário. Você pode escrever durante a viagem ou pode ser depois que chegar. Inclusive, é possível colocar algumas fotos, cartões postais e até bilhetes de metrô.

Pode ser uma agenda ou um bloco de notas comum mesmo. O importante aqui é o conteúdo a ser inserido. Toda viagem tem muita coisa pra contar. Coloque também experiências ruins, se acontecerem. Elas também fazem parte da história.

Começar a montar o diário durante a viagem é bacana, porque as lembranças estarão fresquinhas. Se não quiser escrever muito, anote os pontos principais e depois vá acrescentando o restante com o passar do tempo.

Você pode fazer ele à mão ou usar o celular para criá-lo através de alguns aplicativos. Falaremos sobre um deles no final do texto. Agora vamos começar a criar o seu diário de viagem.

 

Dica boa #1 – Personalizando a capa

Foto: Together Traveler

A capa deve ter a sua cara e ser divertida também

 

Essa é uma parte muito divertida. Você pode aproveitar um monte de coisas para fazer uma capa legal. Dá para usar recortes de mapas, de postais e até pedaços de tecidos com temática de viagem.

Você vai precisar de uma tesoura, cola e muita criatividade. Se for fazer a viagem com mais alguém, peça opinião para essa pessoa. Muito mais interessante vocês criarem juntos desde o começo. Agora se for sozinha(o), faça tudo do seu jeito e se divirta.

Quanto mais rígido for o material da agenda ou do bloco de notas, melhor fica para colar os recortes. Materiais escorregadios e frágeis não pegam a cola muito bem.

 

Dica boa #2 – Descreva cada lugar visitado

Foto: Together Traveler

Coloque os mínimos detalhes de cada lugar importante que visitar

 

Seja bem detalhista quando for descrever as cidades que você visitou. Os detalhes pode ajudar a criar uma memória bem mais viva e rica. Fale das praças, dos museus, das pessoas e de tudo que chamar a sua atenção.

É possível usar imagens também para exemplificar o seu texto. Você pode inclusive criar esse diário como se estivesse escrevendo um livro mesmo. Pense nisso como um presente que pode dar para os seus filhos futuramente.

 

Dica boa #3 – Coloque fotos e cartões postais

Foto: Dapfnie Design

Misture fotos e cartões postais para mostrar do que está falando

 

Se estiver disposto a fazer um investimento legal, você pode comprar uma câmera no estilo Polaroid para eternizar aqueles momentos legais da viagem.

Pelo fato da foto poder ser revelada na hora, se torna um excelente conteúdo para o seu diário de viagem. Os cartões postais também podem servir de lembranças e ficarem no lugar das fotos.

Lembre-se de colocar a legenda logo abaixo das fotos para poder saber o que cada uma representa.

 

Dica boa #4 – Cole bilhetes e ingressos

Foto: Penguins Creative

Os ingressos dos passeios são ótimas lembranças para acrescentar no diário

 

Guarde os seus bilhetes de metrô ou de ônibus e os ingressos das atrações que você visitar. Essa é uma maneira bem legal de recordar os lugares que visitou. Alguns desses podem ser bem legais e valem a pena guardar.

Cole-os no seu diário de viagem e coloque tanto a data quanto o nome da cidade. Brindes dos hotéis e dos restaurantes também valem.

 

Dica boa #5 – Abuse da criatividade

Foto: Apairandas Parediy

Não tenha medo de colocar cores, desenhos e imagens

 

Aqui você é o artista. Cole fotos, pinte as páginas, use canetas de cores diferentes, escreva, rabisque, você que manda. O diário é todo seu e cabe a você fazer ele ficar bem bonito e divertido.

Se a viagem for feita com mais pessoas é importante que elas participem dessa criação também. Cada um pode criar uma página falando do mesmo lugar, para que o diário tenha a visão de todos.

Diário de viagem organizado demais não tem graça. Tem que ter criatividade e um pouco de tudo (imagens, ingressos, postais, carimbos) que seja representativo.

 

Dica boa #6 – Faça críticas sinceras das cidades

Foto: Abbey Sy

Não esconda nenhum detalhe sobre as cidades que visitar

 

Fale das cidades e dos pontos turísticos com sinceridade. Comente sobre os pontos positivos, mas fale também das coisas que não gostou. As críticas negativas podem servir como dicas para outras pessoas.

A gente nunca sabe como cada lugar vai impactar outros viajantes, mas algumas coisas como falta de segurança ou preço alto podem servir de alertas.

 

Dica boa #7 – Dê dicas e macetes de cada lugar

Foto: Harley and Jane

Só vivenciando a rotina da cidade para entender de verdade como ela funciona

 

Algumas dicas você só aprende quando está viajando e acaba conhecendo pessoas do lugar e experimentando diferentes aventuras. Algumas coisas da rotina só são perceptíveis quando vivenciadas.

Se tiver dicas sobre os lugares que visitou, anote tudo e não deixe nada de fora. Além de servir para outras pessoas, pode te ajudar a lembrar de tudo caso faça a mesma viagem em uma outra oportunidade.

As dicas mais legais são: comidas mais gostosas, museus mais legais, bares mais divertidos e passeios alternativos. Não crie um diário digitado. A ordem aqui é papel, caneta, lápis e marca-texto.

 

Dica boa #8 – Use canetas de cores diferentes

 Foto: Frannerds Blog

Canetas e lápis de cores diferentes são a ordem da vez por aqui

 

Você pode dar uma incrementada no seu diário de viagem usando uma cor de caneta para cada cidade. Assim você consegue identificar os lugares de maneira diferente.

Outra opção é usar várias cores quando estiver escrevendo os textos. Essa dica serve mais para aquelas pessoas mais detalhistas, que prestam atenção nos mínimos detalhes. Só tome cuidado para elas não estourarem e a tinta escorrer em suas roupas.

 

Dica de Aplicativo – Whisgo

Foto: Code Mentor

Uma nova rede social para compartilhar as experiências de viagens

 

Essa é uma dica para os mais preguiçosos e que não gostam tanto do papel e da caneta. Whisgo é de diminutivo de Whisper and Go (Sussure e Vá, em português). Essa é uma rede social destinada para os viajantes de plantão.

No Whisgo você compartilha suas experiências, cria memórias e cadastra fotos e relatos de sua viagem. Essa ferramenta pode servir como um guia para os mais inexperientes e é uma ótima forma de dividir e conversar sobre viagens. O aplicativo é gratuito e bem divertido. Vale muito a pena conhecer.

 

Vamos começar a criar o diário da sua próxima viagem? Siga as dicas acima e se divirta à vontade. Tudo que você faz se divertindo e com amor, com certeza terá um resultado muito bom.

Se precisar tirar qualquer dúvida ou quiser dar sugestões para a criação dos diários de viagem é só deixar seu comentário abaixo. Teremos o maior prazer em respondê-los.

Que tal fazer o download do nosso Guia Definitivo para o Evento Perfeito para poder produzir os melhores e mais organizados eventos?  É só acessar o link abaixo e fazer o seu cadastro.

 

 

Com informações de Folha de São Paulo Online, Assim Como a Fênix, WikiHow, Tempo Livre, Viajantes, A Craft e Blog My Basic

Tags

Posts relacionados

2017 © HPO Adminstradora de Clubes e Hoteis LTDA – 33.324.195/0002-65

Desenvolvido por